quinta-feira, 1 de março de 2018

Fechamento #5 - Fevereiro/2018

Sem enrolação, vamos aos números.


Aporte: R$ 9867,03
- O aporte foi grande pois tinha dinheiro novo não aportado do mês de janeiro. Os aportes foram 46 ações da GRND3, 33 ações da MDIA3, 100 ações da LREN3 e 200 ações da ODPV3.

Despesas Mensais: R$ 1472,78
- Esses mês apesar de ter viajado no carnaval acabei economizando bem. Uma parcela da viagem vai ser paga em março (R$ 300,00). Além disso, fiquei feliz porque não me privei de nenhum lazer ou gastância, fui em shows e cinemas, tudo que eu gosto.


Segue agora a tabela de ações, Renda fixa e crypto:



A carteira de ações nesse mês subiu 2,75%, enquanto que a renda fixa rendeu 0,4% e as crypto -5,55%. A rendabilidade consolidada foi de 1,08%



Por fim, a corrida da IF:


Pra finalizar bem fevereiro, recebo a noticia da subscrição de ITSA e dos seus dividendos tb ^^

Beijinhos



quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Fechamento #4 - Janeiro/2018

Fala seus maníacos por economia, chegamos a mais um fechamento. 

Acho que é o tipo de post que mais gosto de fazer, pois faz eu ter um panorama geral do meu desenvolvimento financeiro.

Nesse mês consegui um aporte baixo comparado a minha média, no valor de R$ 1.064,76, mas não por falta de economia nem nada, mas por falta de tempo e de planejamento. Confesso que achei que meus gastos iam se maiores por causas das minhas férias e das minhas saídas descontroladas, mas acabou que as despesas bateram o limite da média de R$ 2.000,00. Além disso, confesso que girei muito o patrimônio:

- Resgatei meu TD IPCA+ 2045 com um leve prejuízo (Já queria me desfazer dele faz tempo)
- Vendi VALE3 arrecadando um lucro de R$ 584,66
- Comprei GRND3 e MDIA3
- Comprei Cryptomoedas
- Por falta de tempo de realizar os TEDs acabei deixando R$ 6.000,00 na NuConta, queria ter transferido para corretora, mas o fato da NuConta ainda não transferir sem ser em horário comercial está me matando.


Meus maiores gastos nesse mês foram com Lazer e Viagem. De fato voltei de férias de fim de ano que achei que a categoria Viagem ia vim mais gorda, pois comi muito fora, mas quando fiz a contabilidade estava até que bem controlado. Já com Lazer ultrapassei um pouco, fui em alguns restaurantes caros (Rodízio de sushi) e em uns Show.



Pretendo compra um pouco de Litcoin e diminuir a posição um pouco em BTC. Só irei aporta de novo no mês de março. Estou com 15% da minha carteira em Crypto e já acho um número bom.



A rentabilidade da carteira foi de -4,34%. A carteira de ações rendeu 5,59% e a renda fixa 0,84%. O grande vilão do mês foi as cryptomoedas, com -33,35%.




E, por fim, a corrida da IF

Ahhh, e quase esqueço, a renda passiva desse mês foi de R$ 5,94. É pouco mais tempos que contabilizar, de pouco em pouco a gente cresce.

Até o próximo post. 

Falouras!




segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Resumo do Mês #1

E aí felas, tudo em cima?

Mês de janeiro foi bem agitado, ano novo, ideias novas, viagens, mudança no trabalho, dei toco e tomei toco das minas, eita mês agitado.

Trabalho

Voltei de férias na metade de janeiro e já comecei a pegar pesado. No começo achei que estaria fodido, o volume de trabalho meio que triplicou para ser resolvido apenas com metade do pessoal. Todavia, ao longo da primeira semana vi que estava enganado, deu pra superar de boas. Peguei um projeto muito bacana e me animei no começo, mas a complexidade ta me deixando sem esperanças de acabar com ele até o prazo. Incrível como somos produtivos sem aquele chefe chato do lado te fiscalizando toda hora? Chefe de férias é uma benção, pode triplicar o trabalho que você da conta, agora poe uma câmera chata e pançuda do seu lado e vc não faz nem o trabalho normal do dia.

Estudo

Continuo estudando finanças em geral, estou estudando a fundo a Grendene e pretendo começa em algum momento a aprender sobre FII. Contudo, ultimamente estou pegando muito crypto, é muito legal essa tecnologia nova e estou aprendendo mais cada dia. Fiquei muito na dúvida qual carteira adotar, estava usando uma multimoeda mas falam que a segurança é menor, as online a mesma coisa, mas as vezes acho que uma carteira física é arriscado e exagerado ao mesmo tempo. Ainda estou me decidindo nesse quesito.

Vida social

Voltei de uma grande viagem do começo de janeiro, curti muito. Recomendo Maceió, uma cidade muito bonita e interessante, gostei muito da receptividade deles, será assunto pra outro post. No quesito mulher eu estava ficando com uma menina mas não gostava tanto dela assim, ela queria namoro e eu não, acabei mandando um textão finalizando isso (acho que me arrependo disso). Nesse tempo acabei desenrolando uma conversa boa com uma menina que eu gostava, fiquei muito animado, ansioso por ver ela e talz. Combinamos de nos encontrar logo quando cheguei de viagem, ela veio para o meu ap, ficamos conversando e comendo pizza e o final acabou sendo bem feliz =D. Contudo, depois de uma transa boa daquela achei que a gente ia se ver mais, se apegar mais, mas foi um belo engano. Tem 2 semana que estou tentando chamar ela de novo e nada, fica me evitando, vou deixa pra lá então =(.
Também estou procurando alguma escola de dança pra aprender a dança. Eu praticava dança uns 5 anos atrás e lembro que gostava muito, mas acabei mudando de cidade e isso fez eu esquecer como era bom.
Nessa última semana fui no show dos Barbixas, nossa, não me arrependo nada. Gosto muito de ir em lugares assim pra dar risada sem parar, é uma das sensações que mais valorizo e os barbixas não me deixaram na mão, recomendo eles para quem gosta do estilo. Um cara que estou mirando agora é o Thiago Ventura, PQP!, eu racho de rir com os vídeos do Youtube dele, mas por agora só irei conseguir ir no standup do Afonso Padilha mês que vem, já estou bastante feliz com isso.

Exercícios e Saúde

Em questão de saúde tudo ótimo. Consegui jogar umas 3 peladas esse mês, voltei a correr, comecei devagar pra não sentir as pernas muito cansadas. Estou pensando em volta a malhar, mas nunca consigo manter, tenho a sensação que pra conseguir manter meu ritmo de malhação eu tenho que estudar sobre o assunto, mas sempre que paro pra estudar isso acabo me distraindo e não voltando mais. Vou colocar como meta pq é uma coisa que sinto que estou precisando.


Metas de Fevereiro/2018

- Terminar de analisar a empresa Grendene e começar outra.
- Fazer um post expondo minha análise da Grendene.
- Correr 3x por semana, totalizando 42 km.
- Malhar 3x por semana e criar um plano de malhação.
- Terminar de ler livro Como convencer alguém em 90 segundos.

Próximo post é mais um fechamento ;D

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Metas 2018 e Fechamento de 2017

Olá galera, to voltando com animo, me atualizando freneticamente nos blogs dos colegas aqui da comunidade. Estou tetando não pega um ritmo forte para não enjuar e tentar manter o ritmo ao longo do ano mesmo com eventuais casualidades.

O meu Fechamento de 2017 fica assim:

Media de aportes: R$ 3.772,45
Patrimônio acumulado: R$ 51.093,32

O percentual da minha carteira pode ser visto no fechamento de Dezembro de 2017.

Eu gostei do meu ano de 2017, ano que arrumei um emprego bom, ano de viagens nunca antes experimentadas, experiencias vividas, problemas enfrentados e muito mais. Financeiramente foi um grande ano, aprendi tudo que sei de finanças basicamente em 2017: renda fixa, ações, FII, criptomoedas, IF, criei o blog, influenciei amigos e de tudo um pouco. Desejo para 2018 focar mais, cria uma carteira mais sólida, mais embasada, incluir FII, diversificar mais nas criptomoedas e tenta fecha o ano com 10 ações.

Nessa reta final de 2017 eu acabei de desleixando financeiramente, deixei meu orçamento parado, gastei muito, minha média de despesas mensais subiu absurdamente, o que fez minha meta de IF ir junto, foi uma média de R$ 2.879,38, isso é muito para mim, pois gastava menos de R$ 1.200,00 antes de março (antes do emprego).

Para esse ano minhas metas serão:

- Aporta em média R$ 3.000,00 por mês.

- Tentar fecha 2018 com um rendimento de 18% a.a.

- Patrimônio de R$ 92.000,00 no fim de 2018*

* Irei empresta uma grande quantia de dinheiro para um parente e não cobrarei juros, portanto, reduzi um pouco o juros sobre juros.

- Reduzir minhas média de despesas mensais para R$ 2.000,00.

- Obter 20% da minha IF alcançada.

Abaixo segue um gráfico de progressão da minha IF:


Por enquanto é só galera, continuarei me atualizando com o pessoal.

Abçs!

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Voltei!!! - Fechamento #3 - Dezembro/2017

E aí galera, tudo bom?

Primeiramente, peço desculpas pelo meu sumiço, problemas, problemas e mais problemas, na família, no emprego, no relacionamento, tempo absolutamente zero! Tive que ignorar por um tempo minhas metas financeiras e o blog para ajeita minha vida. Prometi que voltaria em 2018 e, mesmo com os problemas ainda de pé, voltei!

Vou ser rápido, vou deixa o fechamento de Dezembro e no próximo post vou deixa minhas metas para 2018 e o resumo de 2017.

Minha carteira de investimentos:


Meu histórico de rentabilidade:


É isso aí pessoal, não vou enrolar muito, tenho muitos blogs aqui na finansfera para me atualizar ^^

Abçs

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Fechamento #2 - Setembro/2017

Fala galera, tudo ok? Por que vamos vivendo mais um dia. Trago a vocês o fechamento de setembro, onde apurei minhas primeiras rentabilidades negativas.

Vamos a tabela de investimentos

*Clique na imagem para ampliar.

Vamos aos comentários:

1- Em renda fixa mantive minha posição, sem aportes e sem retiradas.
2- 100 ações da VALE3 e 100 ações da VLID3 entraram na carteira.
3- Entrei no mundo das criptomoedas, comprando um pouco de Bitcoin, Dash e Etherium.

Agora a tebala de crescimento/rentabilidade e aportes:


Nesse mês consegui um total de aporte de R$ 6018,00, superando a meta do mês de R$ 4000,00 em 150,45%, muito bom. A rentabilidade da renda fíxa ficou de 1,59% e a carteira de ações de -0,37%. Além disso, acumulei uma rendabilidade nas criptomoedas de -25,19%, ótima hora de se comprar não?

Mas Sonhador, que merda de moedas digitais hein, você aceita isso na sua carteira? 
Vejam só amigo, como sou sortudo no timing da compra, a seta foi a época que comprei, no começo de setembro:


Pois é amigos, comprei ridiculamente na alta, Hahaha! Chegou a cair até R$ 12.000,00, mas fazer oque né. Bem, acredito no potencial das moedas digitais, não sou nenhum expert e nenhum entendido do assunto, apenas li sobre, gostei e decidir começar devagar, esse mês talvez aporte mais um pouco.

Sobre as metas do mês, consegui bater a meta do aporte, que é o mais importante, mas não consegui os 1% ao mês. De qualquer forma, é apenas o início e ainda estou em processo de formação de carteira, pretendo ter FII e mais empresas até o final do ano que vem.

Sobre minhas despesas, temos:

A primeira tabela é a média das minhas despesas mensais neste ano e a última tabela foi o que gastei nesse mês. Nesse mês gastei muito com despesas pessoais porque tive que comprar muita roupa para o trabalho, só nessa brincadeira foram mais de R$ 480,00, além disso também fiz a assinatura no site do Bastter. Como eu estou começando achei sensato assinar para tentar aprender o máximo com eles até conseguir caminhar com minhas próprias pernas. O resto manteve-se o normal, mas estou gastando mais com Habitação e Alimentação pois meu padrão de vida subiu um pouco mesmo, mas não foi nada considerável.

Portanto, pra finalizar, minha meta de IF fica:

IF = 1575,06 x 200 = R$ 315012,00.

Portanto, estou com 12,24% da IF concluída! Muito bom para quem está começando!

É isso aí, me sinto cada vez mais motivado para continua na corrida, e vcs?

Abçs e até logo!






sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Análise Fundamentalista – Construção Civil – Parte 1

Como eu tinha dito antes, vou começar a fazer minhas análises publicamente, afim de fazer um compromisso público, me empenhar mais no aprendizado e na confecção do mesmo.

Decidi começa pelas empresas da construção civil. Porque? Bem, o porquê sinceramente não sei, seria mais sensato atacar o setor mais lucrativo, ou o que tem mais expectativas futuras e tudo mais, contudo, simplesmente aceitei minha decisão e parti para o trabalho braçal.

Primeiramente eu decidir que devo passa o pente fino em todas as empresas de um determinado setor. Para isso tenho que saber eliminar empresas que não entram no meu critério de análise. O primeiro filtro foi que empresas com Patrimônio Líquido (PL) inconstante, Receita Líquida (RL) inconstante ou Lucro Líquido (LL) inconstante não seriam analisadas, assim como prejuízos (LL negativo entre outros).

Entrando no site da Bovespa e selecionando todas as empresas do setor de Edificações, temos:


Listando todas no Excel e procurando o balanço rápido de cada uma em sites como Penserico.com e eduardocavalcanti.com eu pude ver como anda os números de cada uma.


Legenda:
= caiu. Por exemplo, o Patrimônio Líquido da CR2 caiu nos últimos anos.
↓↓ = caiu muito/drasticamente. Por exemplo, o Lucro Líquido da JFEN caiu drasticamente.

Obs1.: CALI3 não é mais negociada na bolsa.

Obs2.: Não achei os balanços da TEND3 facilmente (leia-se Penserico ou eduardocavalcanti) então resolvi não analisa-la.

Veja que todos que não se enquadram nos meus critérios já estão selecionados de vermelho. Os selecionados de amarelo não estão ruins, mas também não estão bons. Já os verdes foram os aprovados.

Outra observação relevante é perceber como todas as empresas (com exceção da MRVE) um desempenho baixo no 2T2017, mostrando que o setor está passando por dificuldades.
Portanto, a partir desse instante o foco fica em apenas duas empresas: EZTEC E MRV.

Decidi antes de tudo começar pelos balanços, acho que eles são o critério perfeito pra saber se devemos nos aprofundar na empresa ou não.

Vamos ao comparativo de balanço entre eles:


Comentários:

1 – Ambos apresentam crescimento do PL ao longo dos anos (houve uma ligeira queda de 2,6% no patrimônio da EZTEC em 2T2017 em relação a 2016). A Receita Líquida da MRV conseguiu crescer em 2T2017, que é um fato interessante, já a EZTEC teve uma RL em queda ao longo dos últimos 4 anos.

2 – O LL da MRV manteve-se praticamente constante nos últimos três anos, não crescendo, mas também não sofrendo com a crise do setor. Já os lucros da EZTEC vêm caindo desde 2013.

3 – A Margem líquida corresponde ao que sobra para os acionistas em relação as receitas com vendas e prestação de serviços da empresa. Logo, quanto maior a margem líquida melhor para nós, os acionistas. Veja que EZTEC ganha em ter uma maior Margem Líquida e apresenta um histórico de Margem Líquida alto. Contudo, muitas empresas sacrificam a margem para obter mercado, o que pode ser considerado no caso da MRV.  A média da Margem Líquida da EZTEC é de 40% enquanto que da MRV é de apenas 15%.

4 - O ROE é um indicador financeiro percentual que se refere à capacidade de uma empresa em agregar valor a ela mesma utilizando os seus próprios recursos. Nesse quesito a EZTEC se apresenta ligeiramente melhor e, quanto maior o ROE, maior o retorno obtido. Apesar da EZTEC apresentar uma média de ROE maior ao longo dos anos, o ROE da MRV foi superior nos últimos 2 anos.

Conclusões até agora:

Até o momento vemos que quem gosta de analisar lucros tende para o lado da MRV e quem gosta de analisar a Margem Líquida tende pro lado da EZTEC. Como essa é a minha primeira análise não sei dizer se são empresas boas ou não, mas algo me diz que estou indo no caminho certo. Uma coisa eu tenho certeza, vou abrir posição em uma delas, afim de aprender com meus erros e ir criando/refinando minha própria estratégia.

Nos próximos dessa série continuarei analisando as duas empresas. Não sei a sequencia certa ainda, mas pretendo analisar a dívida, o fluxo de caixa, os proventos, a governança e o RI das empresas.

Por favor amigos investidores mais experientes, me deem dicas e críticas, elas sempre serão super bem-vindas.

Até

Fechamento #5 - Fevereiro/2018

Sem enrolação, vamos aos números. Aporte: R$ 9867,03 - O aporte foi grande pois tinha dinheiro novo não aportado do mês de janeiro. O...